Fertilizantes Heringer

Fertilizantes Heringer anuncia fracasso na venda para grupos russos

REDAÇÃO - As negociações para a compra da Fertilizantes Heringer, que tem ramificações no Espírito Santo, por um grupo russo tomaram um rumo inesperado. Após a provação da venda pelo Conselho Administrativo de Defesa Econômica (Cade) em 23 de dezembro do ano passado, a empresa publicou, quatro dias depois, que não houve sucesso nas negociações com os acionistas.

"As partes não conseguiram chegar a um consenso a respeito dos termos e condições da operação que culminaria com a titularidade, pelo investidor, das ações que representam o controle da companhia, não obstante, terem envidado os seus melhores esforços para concluir as negociações em termos e condições aceitáveis a ambas as partes", diz o fato relevante assinado pelo diretor financeiro e de relações com investidores, Carlos Heringer, em 27 de dezembro.

0 acordo de venda de controle da Heringer para as russas Uralkali e Uralchem foi anunciado ao mercado em setembro. Os grupos propuseram pagar até US$ 115 milhões para assumir o grupo brasileiro com sede em Viana, que passa por dificuldades financeiras. Era preciso que a venda fosse aprovada por um conselho de acionistas para que fosse concretizada.

RECUPERAÇÃO JUDICIAL

Em dezembro, os credores aprovaram o plano de recuperação judicial. A empresa tem dívidas que somam mais de RS 1,8 bilhão. O faturamento da companhia que chegou a R$ 5,3 bilhões em 2016 caiu para R$ 3,8 bilhões em 2018.

No processo de recuperação judicial, a empresa alega que, além da forte turbulência econômica nacional, perdeu espaço no mercado para firmas multinacionais, que operam tanto na produção como na distribuição e que lucram com a operação em larga escala.

A Heringer também revelou o motivo da piora do quadro após ações de cobranças de determinados credores, que conseguiram bloquear o saldo de todas as suas contas bancárias para o pagamento dos débitos.

DEMISSÕES

Em janeiro do ano passado, a Heringer informou que iria fechar algumas plantas no país e demitir funcionários. No comunicado, a empresa afirmava que estava impossibilitada, inclusive, de pagar os salários depois de ter as contas bloqueadas pela Justiça. Na época, a companhia contava com 3 mil trabalhadores. No mesmo mês, dois diretores renunciaram ao cargo.

Com informações: Natalia Bourguignon / A Gazeta e Portal Caparaó
#martinssoaresonline

Outras Notícias

Bombeiros atendem ocorrência e controlam incêndio em secador de café em Reduto

REDUTO (MG) - O Corpo de Bombeiros de Manhuaçu atendeu ocorrência de incêndio em secador de café. O fato foi na madru...

MG receberá R$ 250 milhões em investimentos em parques nacionais; Caparaó é um deles

REDAÇÃO - Minas Gerais receberá R$ 250 milhões em investimentos para preservação e estruturação de sete parques nacio...

MG receberá R$ 250 milhões em investimentos em parques nacionais; Caparaó é um deles

REDAÇÃO - Minas Gerais receberá R$ 250 milhões em investimentos para preservação e estruturação de sete parques nacio...

Familiares fazem novo protesto em frente ao presídio de Manhumirim

MANHUMIRIM (MG) - Familiares de detentos do presídio de Manhumirim fizeram o segundo protesto em frente à Unidade Pri...

PASTOR DE MARTINS SOARES SE RECUPERA DO COVID-19

MARTINS SOARES (MG) - O Pastor Ailton Costa de Souza da Igreja Apascentar em Cristo de Martins Soares ,publicou nas r...

60 anos de Matrimônio de Dona Marta e Sr. Alvim, comemorado nesta quinta-feira 02/07

 60 anos de Matrimônio de Dona Marta e Sr. Alvim, comemorado nesta quinta-feira 02/07, um casal que até hoje são muit...

Covid-19: Regional de Saúde promove reunião sobre a situação em Presídio de Manhumirim

MANHUMIRIM (MG) - A Secretaria de Estado de Saúde (SES -MG), por meio da Superintendência Regional de Saúde de Manhua...

Novo equipamento da PRF detecta motorista embriagado em MG sem que ele sopre o bafômetro

Quase cinco mil motoristas foram flagrados dirigindo sob efeito de álcool em Minas Gerais de março até o último dia 2...

PRF apreende cachaça em Juiz de Fora (MG) e produto será transformado em álcool gel para hospitais

Mercadoria não possuía registro no Ministério da Agricultura Pecuária e Abastecimento.A Polícia Rodoviária Federal (P...

Hospital César Leite registra alta de mais dois pacientes recuperados da Covid-19

REDAÇÃO - O Hospital César Leite tem mais dois pacientes recuperados da Covid-19. Eles receberam alta na segunda e ne...